Muitas pessoas são muito preocupadas com a saúde e a estética dos seus dentes, mas se esquecem dos cuidados com as gengivas.

Você sabia que a gengiva pode desenvolver doenças graves, que podem levar até a perda dos dentes? É isso mesmo!

É importantíssimo estar atento aos sinais de uma gengiva saudável e saber como cuidar bem dela!

Para lhe ajudar, conversamos com a Dra. Viviane Crestani, nossa especialista em periodontia, para lhe orientar sobre os principais cuidados que você deve ter para evitar doenças como a gengivite. Boa leitura!

 

1 ) O que é a gengivite?

As doenças periodontais induzidas por placa bacteriana podem ser divididas em duas categorias gerais de diagnóstico: gengivite ou periodontite.

A gengivite é a presença de inflamação gengival sem perda de inserção do tecido conjuntivo. Ou seja, é a fase inicial da doença periodontal que pode afetar de maneira direta a saúde bucal e geral.

A gengivite é uma doença que tem um comportamento silencioso, ou seja, muitas vezes as pessoas só procuram o dentista quando estão em um estágio mais avançado. Por isso, é preciso estar atento a sinais como manchas e mudanças na coloração da gengiva – eles podem indicar a presença de uma inflamação e a necessidade de realizar um tratamento enquanto a gengivite ainda está no início do seu desenvolvimento.

 

gengivite
 

2) Por que as pessoas devem se preocupar com a gengivite?

A gengivite pode progredir para uma periodontite, que é um quadro mais grave da doença periodontal. Na periodontite, a presença de inflamação gengival leva à perda concomitante de tecido conjuntivo e osso alveolar, que são duas estruturas de suporte dos nossos dentes. Elas ajudam a “segurar” os nossos dentes. Por isso, em casos avançados, a doença pode levar à perda dos dentes.

 

3) Quais são as funções da gengiva?

A gengiva (conhecida como periodonto de proteção) tem a função de proteger algumas estruturas da boca, tais como o cemento, o ligamento periodontal e o osso alveolar (periodonto de sustentação), contra a presença de bactérias nocivas a nossa saúde. Porém, quando há uma inflamação na gengiva, esta proteção aos tecidos é afetada: a infecção bacteriana entra em contato com eles, causando danos para a sua saúde bucal.

É importantíssimo que seja feito o diagnóstico da gengivite em um quadro inicial, para que esta gengiva seja devidamente tratada e assim diminuir o risco de evoluir para uma periodontite. Nem todos os casos de gengivite podem evoluir para uma periodontite, mas o risco existe e não pode ser negligenciado.

Por isso, a recomendação é que você realize um check-up a cada seis meses: o dentista poderá avaliar a sua saúde bucal e realizar a prevenção no consultório contra a gengivite, além de lhe orientar sobre os cuidados diários necessários.

 

gengivite

4) Quais são os indícios de uma gengiva saudável?

Quando saudável, a gengiva normalmente é rosa pálida, com variações na pigmentação de melanina entre os diferentes grupos raciais. Ela tem uma consistência firme e uma superfície corrugada (com o aspecto de uma casca de laranja), sem sangramento ou supuração. Em uma análise profissional, quando submetida a uma sondagem periodontal, sua profundidade poderá variar de 1 a 3 mm.

Manchas na gengiva, mudanças na coloração e/ou na consistência e sangramentos podem indicar a presença de uma inflamação em desenvolvimento!

 

5) Como a gengiva inflamada pode ser evitada?

A gengivite é, em geral, causada pela infecção que surge em decorrência da placa bacteriana, deve ser tratada com o controle desta placa. Por isso, deve sempre ser realizada uma correta escovação e uso do fio dental, além da limpeza periódica feita em consultório. Os bons hábitos alimentares e de saúde, tais como não fumar, também ajudam a evitar o desenvolvimento de inflamações.

Por isso, é imprescindível o diagnóstico e o tratamento adequado com o periodontista para cuidar da sua saúde bucal frente a um quadro de doença iminente ou já instalada!

 

Marque uma consulta para uma avaliação com os nossos especialistas

 

gengiviteConheça a Dra. Viviane Crestani

Drª. Viviane Crestani da Silva (CRO-SC 5885) possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000), Especialização em Periodontia pela Associação Brasileira de Odontologia – SC (2008) e Especialização em Implantodontia pela SOEBRAS / FUNORTE núcleo Florianópolis (2014).

 

Conheça a Odontoquality

A Odontoquality tem como missão transformar sorrisos e melhorar a qualidade de vida dos pacientes com a Odontologia. Em 16 anos de atuação, nos transformamos em uma das mais reconhecidas clínicas odontológicas do Estado de Santa Catarina. Nesse período, foram mais de 20 mil sorrisos atendidos por nossos profissionais.