Você tem medo de dentista?

Esse receio é muito comum! Nós sabemos que muitas pessoas não gostam de realizar consultas ao dentista e, por isso, adiam a realização dos cuidados com a saúde bucal.

Por isso, vamos explicar neste post porque o medo de dentista existe e dar dicas para que você possa começar a superá-lo. Sabemos que aprender a conviver com traumas é um processo lento e demorado e, por isso, queremos lhe ajudar a dar o primeiro passo.

 

1) Por que muitas pessoas têm medo de dentista?

Estar em um consultório é, em geral, uma experiência que a maioria das pessoas prefere evitar, tanto para cuidar dos dentes quanto para realizar tratamentos em outras áreas da Saúde. O próprio ambiente da clínica muitas vezes não favorece, pois já temos a expectativa de que os procedimentos serão incômodos, invasivos e desconfortáveis.

No entanto, em relação aos dentistas, esse medo é ainda pior. Algumas pessoas evitam as consultas de rotina e adiam a realização dos seus tratamentos por receio de sentir dor ou pelo desconforto causado por ter alguém trabalhando na sua boca. Ademais, o medo de dentista também está fortemente relacionado a traumas de infância e a lembranças de tratamentos realizados em uma época na qual os estudos sobre Odontologia ainda não estavam consolidados e técnicas mais agradáveis não tinham sido criadas.

Outra causa frequente para o medo de dentista é a realização de tratamentos mal-sucedidos com profissionais que, infelizmente, não apresentavam o preparo necessário para executar os procedimentos. No caso das crianças, essa formação específica é ainda mais relevante: é preciso saber como lidar com os pequenos e criar um ambiente agradável para ensiná-los bons hábitos de higiene bucal.

Além disso, as clínicas odontológicas precisam ter uma estrutura adequada para receber os pacientes, com a limpeza, a organização e a tecnologia de acordo com as normas nacionais e internacionais de qualidade. Por isso, é importantíssimo pesquisar o histórico dos locais de atendimento, a experiência dos profissionais e também as referências de quem já cuidou da saúde bucal com eles.

 

2) Quais são as consequências do medo de dentista?

O dentista é um profissional treinado para cuidar da nossa saúde bucal e garantir que, além das questões estéticas, teremos conforto ao sorrir, falar e comer. Além disso, ele atua na prevenção de problemas que podem trazer consequências graves se não tratadas, tais como as cáries e a periodontite.

No entanto, ao evitar a ida ao dentista por medo e/ou receio, muitas pessoas acabam adiando a realização de tratamentos importantíssimos para a sua saúde bucal. Com isso, os problemas bucais são agravados e, como consequência, o desconforto da realização dos procedimentos e os custos podem ser ainda maiores. No final deste processo, as consequências podem ser extremamente graves: a perda de dentes pode ocorrer e parte da estrutura óssea da face pode ser prejudicada,Por isso, a prevenção sempre será a melhor maneira para cuidar do sorriso.

Confira o vídeo que o Dr. Ilton Mafra (CRO 2308), sócio-diretor da Odontoquality, gravou para ajudar quem tem medo de dentista:

 

 

Conheça algumas consequências ao adiar a ida ao dentista:

  • Prejuízos para a higiene dos dentes e das gengivas;
  • Maior possibilidade do desenvolvimento de hábitos incorretos de saúde bucal;
  • Agravamento de problemas de saúde já existentes;
  • Maior custo e complexidade para a realização de tratamentos no futuro;
  • Perda de dentes que poderiam ter sido recuperados se o cuidado tivesse sido feito a tempo;
  • Atraso na detecção de problemas de saúde que podem ser observados também pelo dentista.

 

3) O que fazer para superar o medo de dentista?

Superar o medo de dentista não é algo que vai ocorrer da noite para o dia: é um processo no qual a pessoa vai lidar com os seus traumas, ressignificá-los e desenvolver uma relação de confiança com o profissional que cuidará do seu sorriso. Por isso, é preciso saber que o desconforto e o medo não desaparecerão rapidamente e deverão ser enxergados como pequenos progressos ao longo do tempo.

Ademais, existem alguns fatores que podem ajudar quem tem medo de dentista:

  • Entender as causas do medo: É preciso revisitar o passado e rever as experiências anteriores para compreender quais são as reais origens da aversão ao consultório odontológico. Neste processo, as conversas com familiares e amigos próximos podem ser importantes para identificar momentos que foram traumáticos e/ou quais foram as razões presentes nesse processo doloroso.
  • Conversar com um dentista a respeito: O dentista deve ser visto como um amigo nesta jornada dos cuidados com a saúde bucal. Por isso, um excelente passo é conversar com ele a respeito dos seus medos e expor as suas dúvidas a respeito dos tratamentos. Uma conversa franca e aberta é muito poderosa para criar um laço de confiança entre o profissional e o paciente! Ademais, muitos dentistas são treinados para lidar com situações como essa e estarão dispostos a lhe ajudar a ter uma experiência mais agradável no tratamento.

check-up odontológico

  • Conhecer a clínica odontológica, sua história e suas referências: Durante a visita ao dentista, pergunte também sobre o consultório e/ou a clínica na qual ele atende. É importantíssimo conhecer a sua história e compreender qual é o comprometimento da empresa com a inovação e a biotecnologia empregadas nos tratamentos. Assim, você se sentirá mais seguro e poderá compreender exatamente como será a sua experiência ao visitar o dentista.
  • Tirar as suas dúvidas: Não tenha receio de fazer perguntas ao dentista e/ou aos funcionários da clínica. Eles estão ali para lhe ajudar e para tornar a sua visita agradável e alegre. Dessa maneira, você entende o que será realizado nos tratamentos, porque tais etapas são importantes e também quais serão os benefícios para a sua saúde bucal.

 

Conheça a Odontoquality

medo de dentistaA Odontoquality tem como missão transformar sorrisos e melhorar a qualidade de vida dos pacientes com a Odontologia. Em 18 anos de atuação, nos transformamos em uma das mais reconhecidas clínicas odontológicas do Estado de Santa Catarina. Nesse período, foram mais de 30 mil sorrisos atendidos por nossos profissionais

Nós temos uma equipe que é treinada para ajudar os pacientes que passaram por traumas e/ou tem medo de dentista. Por isso, prezamos por um ambiente agradável com um atendimento personalizado para transformar a experiência dos nossos clientes nos consultórios.

 

Clique aqui para agendar a sua avaliação inicial

 

Tags: ,