Você já se incomodou com o mau hálito de alguém?

Essa é uma situação muito desagradável! Nós normalmente não sabemos o que fazer e ficamos em dúvida sobre como avisar a pessoa a respeito do problema… Além disso, a pessoa que sofre deste distúrbio normalmente não consegue percebê-lo, o que torna sempre delicado falar sobre isso, pois é algo íntimo e que pode trazer constrangimento.

O que muitos não sabem é que o mau hálito, também chamado de halitose, é um dos principais sintomas de que há um problema de saúde bucal que ainda não foi tratado! O cheiro ruim pode indicar a presença de infecções e inflamações, por exemplo.

Por isso, é importantíssimo visitar um dentista de confiança com regularidade. Ele poderá analisar a sua saúde bucal e, caso você esteja sofrendo com o mau hálito, ele lhe ajudará a identificar quais são as suas verdadeiras causas. Aqui estão algumas possibilidades:

  • Uso frequente de álcool e/ou cigarro;
  • Infecções na gengiva (doenças periodontais);
  • Escovação inadequada dos dentes;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Infecções na garganta ou no seio maxilar.

O ideal é tratar diretamente o motivo que está causando o mau cheiro – seja ele relacionado à saúde bucal ou uma infecção em outra parte do corpo, por exemplo. Só assim o tratamento será eficiente e você finalmente estará livre do desconforto de sofrer com o desconforto causado pela halitose!

 

Que tal aproveitar para agendar a sua consulta ao dentista?

É só entrar em contato conosco pelo Whatsapp >> bit.ly/odontowhats

Confira algumas dicas dos nossos especialistas para se prevenir contra o mau hálito:

 

1) Escovação adequada

Parece simples, mas muitas pessoas não escovam os dentes de forma adequada. É preciso ter muita atenção ao cuidar da saúde bucal e isso inclui realizar a escovação sempre ao acordar e depois de cada uma das refeições.

O ideal é fazer movimentos circulares ou verticais em cada dente, sempre de maneira suave para não machucar a gengiva. Além disso, é importante usar uma escova apropriada, que deverá ser escolhida de acordo com o tamanho dos seus dentes. Para quem tem uma boca pequena, por exemplo, é indicado utilizar escovas com uma estrutura menor, para alcançar pequenos espaços com mais facilidade.

 

2) Uso do fio dental e limpadores de língua

O fio dental é importantíssimo para remover pequenos resíduos que a escova de dentes não consegue alcançar sozinha. Por isso, ele ajuda a evitar o acúmulo indesejado de bactérias e, consequentemente, reduz o mau cheiro na boca. O ideal é utilizá-lo ao menos uma vez ao dia, preferencialmente depois das refeições.

Para quem usa aparelhos ortodônticos fixos, o cuidado deve ser redobrado. Existem disponíveis no mercado alguns fios dentais especiais, que ajudam o paciente a utilizá-los mesmo nos dentes que possuem brackets fixados.

Os limpadores de língua também são um bom recurso, que pode ser usado pela grande maioria das pessoas. Eles ajudam a remover as impurezas que ficam depositadas nesta parte da boca e, com isso, melhoram a sua saúde bucal no curto prazo.

 

3) Mantenha o consumo de água sempre em dia

A água ajuda a reduzir as impurezas presentes na nossa boca e também a mantê-la sempre hidratada. Assim, a ingestão regular de água ao longo do dia ajuda a reduzir os efeitos do mau hálito e, consequentemente, melhora a saúde de quem adota este hábito.

Além da questão dos odores bucais, a água traz inúmeros outros benefícios para o nosso corpo: ajuda a hidratar a pele, melhora o funcionamento dos rins e regula o funcionamento do nosso metabolismo. Por isso, o ideal é ingerir ao menos 2 litros de água por dia.

 

4) Use os enxaguantes bucais para se prevenir contra o mau hálito

Os enxaguantes bucais ajudam a reduzir a quantidade de bactérias presentes na nossa boca, o que os torna bem eficientes para disfarçar a presença da halitose. Porém, é importante esclarecer que eles não resolvem completamente o problema, pois não atuam diretamente na verdadeira causa do mau hálito.

No entanto, os enxaguantes bucais podem trazer benefícios para quem sofre com o problema do cheiro ruim na boca no dia-a-dia. Neste caso, é recomendável consultar um dentista, pois ele poderá recomendar o melhor tipo de enxaguante para o seu caso específico.

 

5) Faça um check-up odontológico com frequência

Uma dica essencial para se prevenir contra o mau hálito é visitar regularmente o seu dentista. Em uma consulta de check-up, o especialista poderá avaliar a sua saúde bucal e identificar problemas que podem estar causando a presença do mau cheiro. No caso de uma infecção periodontal (saiba mais aqui), ele poderá lhe encaminhar para o tratamento adequado, por exemplo.

Além disso, o dentista poderá lhe dar orientações personalizadas a respeito dos cuidados necessários com a higiene. Ele será o seu principal aliado para ter um sorriso sempre saudável e lhe ensinará quais são os melhores caminhos para ter a saúde em dia!

Que tal aproveitar para agendar a sua consulta? É só entrar em contato conosco pelo Whatsapp >> bit.ly/odontowhats

 

Conheça a Odontoquality

A Odontoquality tem como missão transformar sorrisos e melhorar a qualidade de vida dos pacientes com a Odontologia. Em 18 anos de atuação, nos transformamos em uma das mais reconhecidas clínicas odontológicas do Estado de Santa Catarina. Nesse período, foram mais de 30 mil sorrisos atendidos por nossos profissionais.

 

Clique aqui para agendar a sua avaliação inicial!

Tags: , , ,