Segundo estudos recentes da OMS – Organização Mundial de Saúde, em breve poderemos viver até os 100 anos de idade. Os fatores que contribuem para esse aumento da longevidade são os programas de imunização coletiva, as condições de moradia, alimentação balanceada, o avanço da medicina, além das mudanças dos hábitos pessoais. Neste estudo, foi demonstrado que o Brasil terá em 25 anos, a sexta população de idosos do mundo, ou seja, 33 milhões de pessoas com esse perfil.

 

Não é só viver mais, é continuar vivendo bem

O planejamento odontológico para este novo tempo é tido como um grande desafio, pois, precisamos garantir que este tempo adicional de vida que estamos conquistando, também seja um tempo prazeroso e saudável.

De acordo com Dr. Ilton Jozé Mafra, entre os desafios de sua especialidade está o de conscientizar seus pacientes de que cuidar da saúde bucal faz parte da saúde como um todo e não um capítulo à parte.

Outra preocupação do especialista é a de orientar os pacientes que permanecem com dentaduras anos a fio, sem adaptação e estabilidade, a substituir essas próteses, contribuindo assim para uma diminuição da incidência de doenças pré-cancerosas, que é muito comum nesta idade.

 

Como manter uma boa saúde bucal na terceira idade?

Independentemente da idade, você pode ter dentes e gengivas saudáveis se cuidar adequadamente deles. Até mesmo quem escova e usa fio dental regularmente, pode ter alguns problemas específicos.

O que merece atenção especial:

– As cáries e os problemas com a raiz dos dentes são mais comuns em pessoas da terceira idade. Por isso, é importante escovar com um creme dental que contenha flúor, usar fio dental todos os dias e não deixar de ir ao dentista a cada 6 meses para limpeza e controle periódico.

– A sensibilidade pode se agravar com a idade. Com o passar do tempo é normal haver retração gengival que expõe áreas do dente que não estão protegidas pelo esmalte dental. Estas áreas podem ser particularmente doloridas quando atingidas por alimentos e bebidas quentes ou frias.

– As pessoas idosas se queixam de boca seca com freqüência. Este problema pode ser causado por medicamentos ou por distúrbios da saúde. Se não tratado, pode prejudicar seus dentes.

 

– Enfermidades preexistentes (diabete, problemas cardíacos, câncer) podem afetar a saúde da sua boca.

– As dentaduras tornam mais fácil a vida de muitas pessoas da terceira idade, mas exigem um exame bucal geral pelo menos uma vez por ano.

– Inflamação na gengiva é um problema que afeta pessoas de todas as idades e que pode se tornar muito sério, levando à perda de dentes saudáveis.

– O cigarro é um dos grandes vilões da saúde dos dentes na maturidade. Decidir parar com o vício pode contribuir muito para aumentar a durabilidade dos tratamentos realizados.

 

Guia

Até quando você vai sofrer com a falta de dentes?
Tire as suas dúvidas sobre os implantes dentários!

Baixar agora
 

Conheça o especialista:

O Dr. Ilton Jozé Mafra. Natural de Brusque, é Cirurgião Dentista Especialista em Implantes Odontológicos e Responsável Técnico das clínicas Odontoquality em Florianópolis e Tijucas. Atua há mais de 25 anos na Odontologia e tem treinamento para atendimento de casos complexos na terceira idade.

 

Clique aqui para marcar a sua avaliação inicial com o Dr. Emerson